• Inês Monteiro Vasques

Cobertores pesados ajudam a aliviar o Stress e a Ansiedade

Uma solução para relaxar após um dia agitado.



Antes do Covid 19 aparecer nas nossas vidas as perturbações de ansiedade já eram uma doença mental de grande relevância em Portugal. Mas, depois de mais de um ano após o início da pandemia mundial e confinamentos obrigatórios nacionais, é lógico que a maioria das pessoas se sinta mais ansiosa do que nunca.


De acordo com vários especialistas a ansiedade – que afeta crianças, adultos e idosos – é um dos vários efeitos mentais provocados pela pandemia. Entre eles estão o overthinking (pensar demasiado), o agravamento da perturbação obsessivo-compulsivo, a falta de sono, o esgotamento familiar e a depressão.


Um futuro incerto e a mudança drástica na nossa rotina diária vieram agravar o problema causando, por vezes, o cansaço fora do normal e denunciar uma exaustão emocional. A par deste cenário, desde o princípio da pandemia também o sono dos portugueses piorou 10%, criando alterações mentais e psicológicas. Demonstrando que o problema do sono é uma realidade a nível nacional.


Quase dois terços da população refere dormir mal e 59% diz ter dificuldades em adormecer. A par destes números, importa referir que Portugal também se posiciona no top 5 dos países da Europa que mais consomem ansiolíticos, antidepressivos e comprimidos para dormir (cerca de 10 milhões de embalagens por ano).


COMO SOBREVIVER?


Agora, mais do que nunca, é necessário encarar a situação e procurar soluções simples e confortáveis. Uma das respostas está na aquisição de um cobertor pesado: a arma secreta contra a ansiedade, stress, preocupações e medos.


Os nossos antepassados já utilizavam as peles de animais para se aquecerem, peles essas que podiam ultrapassar, e muito, o peso do seu próprio corpo. Anos mais tarde, foi a vez de a ciência começar a utilizar este tipo de cobertor para tratar alguns problemas de saúde mental como a ansiedade, o autismo ou o transtorno obsessivo compulsivo. Logo, os cobertores pesados não são propriamente uma novidade.


Então, os cobertores pesados ou como são denominados internacionalmente "weighted blankets", são produtos desenvolvidos para melhorar a qualidade do sono.


Mas como é que um cobertor, com peso variável entre os 5 e os 15 quilos, nos pode ajudar a dormir melhor?


O peso deste cobertor, que é revestido de algodão puro, é criado utilizando grãos de vidro tratado que são divididos pela superfície do cobertor para criar o peso ideal para cada pessoa. Dando a sensação de um abraço forte. O segredo do sucesso está no enchimento dos mesmo que divididas pelas diversas bolsas acolchoadas do cobertor, fazem com que a pressão do mesmo seja distribuída de forma uniforme por todo o corpo. É precisamente essa pressão que, segundo alguns estudos assumem, pode aliviar a ansiedade e o stresse dos que sofrem de noites agitadas ou dos que têm dificuldade em adormecer.


O cobertor pesado utiliza ainda a técnica DTP, isto é, “Deep Touch Pressure” que, como o nome indica, este método recorre ao peso extra do cobertor para fazer pressão localizada nos músculos, relaxando o corpo à semelhança de uma massagem, um efeito que proporciona uma noite mais descansada. Isto acontece, como explica a neuropsicóloga, Margarida Mendes, da Clínica de Santo António do Grupo Lusíadas Saúde, já que o cobertor pesado ajuda o organismo na libertação no organismo de “hormonas da felicidade” – como a serotonina – e do “sono” – como a melatonina – que permitem uma combinação hormonal provocando sensações de calma no sistema nervoso. Para além disso, impede também que o nosso corpo produza cortisol (hormona do stress) em demasia.


Existem vários formatos, tanto para adulto como para criança, e cada pessoa deve escolher o peso do seu blanky consoante o peso do corpo. A ideia é sempre seguir a regra de que o cobertor deve equivaler a 10% do peso da pessoa.


OS BENEFÍCIOS


1. Redução dos níveis de ansiedade contribuindo para a diminuição do cortisol;

2. Aumentar os níveis de melatonina e serotonina durante a noite, contribuindo assim para distúrbios sensoriais e distúrbios do sono;

3. Pacientes com Asperger e Autism Spectrum Disorder também usam estes cobertores para se sentirem relaxados e se acalmarem;

4. Ajudam aqueles que sofrem das doenças Alzheimer e Parkinson;

5. O peso minimiza o movimento do corpo para proporcionar um ciclo de sono REM mais profundo;

6. Diminui os níveis de cortisol (hormona do stress) reduzindo também a frequência cardíaca e a pressão arterial;

7. Ajuda a adormecer mais rápido;

49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo